Chuva de Meteoros Taurideos

     Entre os dias 4 e 5 de novembro ocorre a chuva de Meteoros Tauridas (ou Taurideos/Taurids), recebe este nome, pois, seu radiante encontra-se na constelação de Touro. Esta chuva de Meteoros é ocasionada pelos restos do cometa Enke. Acredita-se que este cometa seja apenas uma pequena parte de um cometa muito maior, que acabou se desintegrando em vários pedaços ao longo dos últimos milênios.

    Abaixo, segue uma imagem obtida com o Software Stellarium, que mostra a Configuração do Céu no dia 06 de Novembro. Note que, às 21:30h (horário de Brasília) a constelação de Touro começa a surgir à leste no céu.


A Figura mostra a configuração do céu para o dia 06 de Novembro. O radiante da Chuva de Meteoros Taurids ocorre na constelação de Touro que nasce à Leste depois das 21 horas (horário de Brasília). Simulação gerada pelo Software Stellarium.
     Uma outra dica para aproveitar a observação do céu é contemplar a Lua na constelação de Capricórnio, Marte com seu brilho avermelhado aparece próximo a Lua na constelação de Sagitário, Vênus (a deusa da Beleza, aparece mais à Leste na constelação de Ophiuco, próximo ao Escorpião que já está se pondo à Oeste. E, mais cedo será possível ver Saturno também na constelação de Ophiuco próximo à Vênus. A configuração dos Planetas visíveis no dia 05 de Novembro encontra-se na figura abaixo, retirada do Software Stellarium:


A Figura mostra a localização da Lua e dos Planetas sobre as constelações próximos do Oeste, aproximadamente às 21:15 horas (horário de Brasília), do dia 06 de Novembro Simulação gerada pelo Software Stellarium.

     Vale lembrar que este é um fenômeno pouco brilhante, a taxa é de 15 meteoros/hora, mas, estima-se que sejam avistados 7 meteoros/hora. A fase da Lua encontra-se em Quarto Crescente.
   Consultem as condições meteorológicas para este final de semana no Simepar.

     Bons Céus à todos!